6 de fevereiro de 2014

Deixa Ela Entrar - John Ajvide Lindqvist



 
      O livro Deixe ela entrar, de John Ajvide Lindqvist, sem dúvida foi um dos melhores livros sobre vampiros que já li atualmente, bem como suas adaptações cinematográficas.
      Abordando de forma inovadora um tema já batido, Lindqvist nos apresenta Oskar, um garoto que está entre a infância e adolescência. Filho de pais separados, vive com a mãe.
     Oskar é desajeitado, quieto, imaginativo, sofre de incontinência urinária, mas além de tudo isso, não possui quaisquer amigos. O relacionamento que possui com os colegas na escola se dá através do bullying pesado que sofre por parte deles. Neste cenário, ele conhece sua nova vizinha, Eli, no parque perto do apartamento onde mora. Em uma noite fria ele sai para brincar e a encontra no frio vestindo roupas leves.
    A partir daí o relacionamento vai se desenvolvendo para uma grande amizade, e Oskar vai conhecendo um pouco mais sobre a vida de Eli que vive com um homem mais velho, que ele entende ser seu pai.
    Paralelo a história de Oskar, na pequena cidade sueca, onde ele vive uma onda de assassinatos se inicia chocando toda a população.
    Basicamente este é o ínicio da obra de Lindqvist, falando primeiramente do livro, sua leitura é leve apesar da grande quantidade de cenas chocantes ao longo do enredo. Pedofilia, bullying, sexualidade são alguns dos temas cruamente tratados pelo autor.
   Na obra podemos observar várias histórias diferentes, que aos poucos vão se entrelaçando para o arremate final. Por isto o livro é agradável de ler, pois confere perspectivas diferentes, dinamismo.
   Lançado pela editora Globo no Brasil, o livro tem 504 páginas que não dá pra sentir, lê-se rapidamente com um gosto de quero mais no final.
   Suas adaptações cinematrográficas são excelentes, mas em minha opinião a versão sueca logrou mais sucesso em captar o livro para as telas. Com uma história complexa e densa, a versão americana simplesmente ignorou algumas partes deixando várias lacunas, já a versão sueca soube enxugar a história sem deixá-la tão lisa. Porém, ambas são muito boas!


Filme Sueco







      Este é um link (em inglês) que encontrei, possui supostos spoilers para uma continuação, contudo não consegui confirmar a informação.



Informações do autor

      John Ajvide Lindqvist nasceu em Blackeberg, Estocolmo, Suécia em 1968. Trabalhou como roteirista de séries para TV sueca, como mágico e comediante de stand-up. Seu primeiro livro Deixa ela entrar foi lançado em 2004, sendo o qual o destacou.